vendredi 8 février 2013

AZUL DE GIOTTO

 
Quatro meses são passados,
hoje é Sexta-Feira Santa

outra vez no calendário.
À luz de archotes na noite

pintada de azul em fundo,
Giotto captou o beijo

que se não vê na pintura:
sobressai imenso manto

que ilumina toda a cena
pelo avesso da hora

de trevas desse momento
- o manto do próprio Judas.

O falso brilho do pano
convoca ao centro o olhar.

Assim Giotto pintou
- oiro sobre azul, um beijo.



José António Almeida, Obsessão,
Lisboa: &etc, 2010
 

Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire