jeudi 3 janvier 2013

Estamos de volta ao Paralelo W...


PEQUENO RELATO DO ANO NOVO

A luz da lâmpada é uma pedra que bate contra as águas tranquilas da página que lê. Um círculo alcança a madeira escura da janela para desenhar com o seu giz um arabesco. Há-de preparar um pratito com doze uvas, mas ainda tem tempo. Uma manta de lã cobre no sofá as suas pernas. No gira-discos soa um piano distante, como uma litania dos bosques. Deveria jantar algo, talvez. Uma profunda calma chega da rua e invade-o por inteiro. De repente, um petardo, uma gritaria geral, carros que buzinam. Outro ano. Continua a ler. 




Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire