mercredi 16 janvier 2013

Chegou esta semana (2):


2.


Essa mulher transporta o cântaro,
agora pesado de água e sacode os
cabelos que se entranham na rodilha.
Há ali um ritual entre o seu corpo
e o barro _________

uma memória
de sobrevivência, um pacto com as
ruas. O cão não a deixa, encosta-se-lhe
às pernas como se pertencesse aos seus
vestidos. Por vezes pára e urina contra
as casas. É a terceira vez que a mulher
se senta na fonte e olha cuidadosamente para torneira.



Jaime Rocha, Mulher inclinada com cântaro,
Nazaré: volta d'mar, 2012

Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire