jeudi 8 novembre 2012

Um cigarro
ninguém tem
um cigarro?
um copo de vinho
um amor perdido
uma causa iludida
uma angústia a mais?
alguém quer trocar de veias
de sangue
de coração
de pulmões?
um cigarro
ao menos
ninguém tem
um cigarro?
 
 
 
Carlos Alberto Machado, A Realidade Inclinada,
Lisboa: Averno, 2003

Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire